a raça

Ficha Técnica

 

Área de origem: Alemanha

Família: Spitz

Função original: companhia

Outros nomes: Spitz Alemão Anão

 

O Lulu da Pomerânia, também chamado de Spitz Alemão Anão, ganhou atenção pelo seu excesso de fofura.

 

 

Energia

Gosto por Brincadeiras

Amizade com Outro Cães

Amizade com Estranhos

Amizade com Outro Animais

Necessidade de Exercício

Apego ao Dono

Guarda

Cuidados com a Higiene do Cão

█ █ █ █ ░ ░

█ █ █ █ █ ░

█ █ █ █ ░ ░

█ █ █ █ █ 

█ █ █ █ ░ ░

█ █ █ █  ░

█ █ █ █  ░

█ █ █ █ ░ ░

█ █ █ █ ░ ░

O Spitz Alemão ocupa a posição de número 23 no ranking de inteligência dos cães: São excelentes cães de trabalho. O treinamento de simples comandos depois de 5 a 15 repetições. Os cães lembram destas ordens muito bem embora possam melhorar com a prática. Eles respondem ao primeiro comando em cerca de 85% dos casos, ou mais.

História

 

O lulu da pomerânia é descendente da família de cães Spitz, cães de trenó da

Islândia e Lapônia. A raça tem o seu nome a partir da histórica região da

Pomerânia que compõe a costa sul do mar Báltico (atual Alemanha e

Polônia), não por ter se originado lá, mas porque foi nesse lugar onde se

desenvolveu na versão mini. No seu tamanho maior, o cão serviu como um

pastor de ovelhas.

 

Em 1870, o Kennel Club da Inglaterra reconheceu o chamado cão spitz. Em

1988 um lulu da pomerânia chamado “Marco” foi enviado a partir de

Florença, Itália para se tornar um companheiro amado da rainha Vitória da

Inglaterra. A popularidade da raçã cresceu a partir de então.

Tamanho diminuído, temperamento dócil e um espírito vivaz fizeram dos lulus da pomerânia grandes animais de estimação, verdadeiros companheiros fiéis.

 

Temperamento e Características

 

O temperamento do Lulu da Pomerânia (Spitz Alemão) é ser principalmente alegre, afetuoso, astuto, sagaz, vivíssimo e vigilante. O reduzido tamanho, o temperamento dócil, o espírito ativo e a robustez levaram o Lulu da Pomerânia a ser considerado excelente companhia. Preocupar-se com seu dono é uma das mais marcantes características da raça, adaptando-se, inclusive, à sua maneira de ser. Extremamente corajoso, o Pomerânia defende seu território sem restrições. Obediente, mas de personalidade forte, é companheiro sempre fiel.

Com estranhos – Mostra-se um pouco reservado no primeiro contato com estranhos, mas, quando percebe que a pessoa foi aceita por toda a família, muda de temperamento, pulando no colo, buscando brinquedos e fazendo festa.

 

Destrutividade – Não é um cão com característica destrutiva, até mesmo quando filhote. É possível que pegue uma meia ou algo do gênero, mas nada difícil de corrigir; basta mostrar a ele o que pode e o que não pode fazer, que aprenderá facilmente. Nessa fase alguns brinquedos e ossinhos que ajudem com os dentes são importantes, pois assim ele aprende a diferenciar o que é dele, que poderá ser mordido e até mesmo destruído, e o que é dos donos, não podendo ser mexido.

 

 

Inteligência – É o principal ponto forte no temperamento do Lulu da Pomerânia (Spitz Alemão). É um cão muito expressivo, demonstrando com clareza o que deseja. Consegue-se ver no seu semblante o que sente ou deseja; quando não, ele mostra – por exemplo, late para mostrar que a vasilha de água precisa ser reabastecida, que está com fome ou que precisa sair para fazer suas necessidades. O Spitz adora ver sua coleira ou a bolsinha de passeio na mão de seu dono, pois passear é uma de suas atividades prediletas.

 

Com outros cães e animais – Embora haja exceções, a política do Lulu da Pomerânia é a da boa vizinhança. Simpatiza-se com a maioria dos animais domésticos, tendo uma vida tranquila com gatos, roedores, aves e outros. Vive bem inclusive com exemplares do mesmo sexo e de diferentes portes. Gosta muito de brincar e correr, preferindo, muitas vezes, cães maiores, mais dispostos, que aguentam a velocidade desses pequeninos. Mas deve-se ter atenção redobrada, pois é um cão pequeno e, mesmo sem querer, pode acabar machucado pelo seu amigo maior.

 

Com a família – Adora estar perto dos membros da casa e faz festa para todos, porém geralmente escolhe um dono em particular, o qual seguirá pelos cômodos e de vez em quando será chamado para uma brincadeira ou um cafuné. Apesar de gostar de atenção, o Spitz Alemão não é um cão carente, que exige demonstrações de carinho e afeto constantes. Para ele poucas horas de atenção por dia são suficientes, sendo uma ótima companhia para donos que precisam se ausentar parte do dia.

 

Obediência – Este é um ponto surpreendente do temperamento do Lulu da Pomerânia, pois não é um cão de se fingir de surdo, sabendo bem que as ordens de seu dono devem ser obedecidas. Muito fácil de ser adestrado, entende que está errado só pela forma de olhar, tendo facilidade de aprender tanto as regras de adestramento básico como as de boa convivência.

 

Grau de atividade – O Spitz é muito ativo. No caso de haver outros cães em casa, brincará com eles o dia inteiro; caso não haja, vão se divertir sozinhos. Adoram brincar com bolinhas, de pega-pega e às vezes pedem um pouco da participação do dono em suas brincadeiras. O ideal é que haja brinquedos e ossinhos variados para que o Pomerânia possa gastar sua energia brincando com o que é permitido, e não com os objetos e móveis da casa.

 

O temperamento do Lulu da Pomerânia (Spitz Alemão) é um dos melhores entre todos os cães.

Tamanho

 

Wolfspitz / Keeshond (Spitz Lobo): 49 cm +/- 6 cm (43 a 55 cm)

Spitz Grande: 46 cm +/- 4 cm (42 a 50 cm)

Spitz Médio: 34 cm +/- 4 cm (30 a 38 cm)

Spitz Pequeno: 26 cm +/- 3 cm (23 a 29 cm)

Spitz Anão: 20 cm +/- 2 cm (18 a 22 cm)

 

Cães abaixo de 18 cm são indesejáveis